skip to Main Content
aranorteip@aranorte.gov.mz +258 86 267 3180 Webmail

A Divisão de Gestão da Bacia do Rovuma – DGBR, com sede na Cidade de Lichinga, província de Niassa, a cerca de 690 KM da cidade de Nampula, é responsável pela gestão operacional dos recursos hídricos da bacia hidrográfica abaixo descriminada:

BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ROVUMA

O Rio Rovuma / Ruvuma forma a fronteira entre Moçambique e a Tanzânia por um comprimento de 650 km da costa e tem uma extensão total de cerca de 760 km. Toda a área da bacia do rio Rovuma é de cerca de 152.200 km2, dos quais 65,39% estão em Moçambique, 34,30% estão na Tanzânia e 0,31% está no Malawi. O rio é perene subindo das cabeceiras de seus principais afluentes de Rios Lucheringo, Likonde e Lugenda em Moçambique, e das Montanhas Matagoro em sudeste da Tanzânia. O escoamento médio anual do rio Rovuma / Ruvuma para o mar é cerca de 15km³.

A Bacia do Rio Rovuma / Ruvuma é muito estratégica para o desenvolvimento socioeconômico da região com imensas oportunidades potenciais de investimento em pesca e turismo; transporte e comunicações; água e energia; e na agricultura, comércio e indústria.

O rio principal constitui um dos recursos hídricos inexplorados e constitui um importante rio comum recursos ambientais e naturais em ambas as margens do rio. A posição geográfica dos dois países em relação ao rio principal, que é compartilhado em bases iguais, não a jusante e situação a montante, deve influenciar o futuro arranjo institucional para o Rovuma / Ruvuma Comissão de Bacia.