skip to Main Content
aranorteip@aranorte.gov.mz +258 86 267 3180 Webmail

ARA-NORTE, IP FAZ ALERTA E PARTICIPA NOS TRABALHOS DE LIMPEZA DO RIO NAMUTIMBUA EM CUAMBA

Na província de Niassa, em sua segunda maior cidade, Cuamba para evitar com a contaminação das águas do rio Namutimbua, a Administração Regional de Águas do Norte, IP emitiu um comunicado e juntou-se a uma equipe multissectorial e multifuncional para a retirada da carga que se encontrava no rio Namutimbua aquando o incidente do tipo descarrilamento, ocorrido nos finais de outubro de 2021. O acidente aconteceu na ponte sobre o rio Namutimbua que envolveu um comboio de mercadoria de carvão mineral, vindo da província central “minera ou chicoa”. Aliás, trata-se de um comboio que vinha da província de Tete com destino ao Porto de Nacala, na província de Nampula. No local, o acidente criou vitimas dentre as quais duas pessoas que perderam a vida, quando infelizmente pela força do destino se encontravam nos seus últimos banhos em vida, no rio Namutimbua. Neste acidente, também, apenas cerca de 07 pessoas afectadas contraíram ferimentos com destaque aos graves e ligeiros. Assim sendo, as vitimas sobreviventes foram compulsivamente evacuadas a unidade hospital para receber cuidados médicos intensivos de modo a se evitar o pior. Segundo o Director Geral da ARA-Norte, IP, Carlitos Omar, também para evitar com um futuro pior derivado com a poluição da água, o dirigente garantiu que no momento estavam a decorrer trabalhos de limpeza no local onde decorreu o acidente ferroviário. Contudo, por se tratar de um carvão mineral passível de poluir, as autoridades de gestão de recursos hídricos na região, ou seja, Administração Regional de Águas do Norte, Instituto Público, comunicou a população de Cuamba para que ninguém se fizesse presente naquele curso de água abrangido pelo incidente até ao termino dos trabalhos de limpeza e a sua reposição. “Neste momento continuamos a apelar a população da cidade de Cuamba no geral ou que vive de perto que não se faça presente para evitar com os futuros problemas porque aquilo que caio é um recurso mineral passível de poluir a água. É só aguardar dos resultados das análises e que se faça todo trabalho de limpeza que deve ser feito naquele curso de água.” apelou o Director Geral da ARA-Norte, IP Carlitos Omar. Depois das declarações do Dirigente da ARA-Norte, foi visível no terreno o roncar das máquinas e o decorrer de trabalhos técnicos de limpeza para reposição do fatídico local que ainda se suspeitou de as águas estar contaminadas por impurezas derivadas deste descarrilamento de comboio com carga de carvão mineral cuja parte parcial da sua mercadoria se encontrava no rio. De um modo geral, até ao momento demostrava-se uma alusão própria de trabalhos multissectoriais e multifuncionais intensivos para a normalização da rede ferroviária e a circulação normal daquele curso de água segundo documentam as imagens. Ademais, pelo que se constatou foi da retirada da água e a lama na área abrangida sobre rio Namutimbua, tendo sido a posterior notório a presença de novas águas aparentemente sem indícios de contaminações caso contrário passando a se provar com as análises laboratoriais. Contudo, a Divisão de Bacia de Lúrio, com Sede na cidade de Cuamaba, tem a missão de continuar a monitoral as águas deste rio em menção.

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.